Empreendedorismo

6 tendências sobre desenvolvimento de equipes

O desenvolvimento de equipes já é uma grande necessidade para as companhias. Conheça as principais tendências deste setor.

O desenvolvimento de equipes é um tema que está em voga na atualidade, visto que os gestores de hoje estão entendendo melhor a importância que desenvolver as competências e habilidades de seus colaboradores têm para o crescimento de uma empresa.
Portanto, acompanhar as tendências de treinamento e desenvolvimento de equipes passa a ser uma tarefa crucial para garantir uma boa gestão de time e trabalhar por melhores resultados.

Para ajudá-lo nisso, O Netas Treinamento e Desenvolvimento  listou 6 tendências importantes sobre desenvolvimento de equipes, que todo gestor deve levar em consideração na hora de montar o seu planejamento.

1. Mensuração dos resultados
Mais do que oferecer treinamentos técnicos e comportamentais, uma grande tendência no mundo corporativo é mensurar e avaliar os resultados deste tipo de ação. De nada adianta colocar o desenvolvimento de sua equipe no planejamento, se as estratégias para que isso ocorra não tenham como ser mensuradas.
Isso porque as métricas servem para mostrar ao gestor se sua equipe está indo no caminho certo e quais são os pontos a serem melhorados, o que é fundamental para a otimização dos resultados.

2. Feedbacks em tempo real
O feedback é uma ferramenta excelente para o desenvolvimento individual e em equipe de seus funcionários, mas também funciona de maneira reversa, sendo uma ótima forma de avaliar o trabalho do gestor e até a eficácia dos treinamentos oferecidos pela empresa.
Por esse motivo, sempre estabeleça uma cultura de feedback em sua organização, podendo implementar momentos específicos para isso e incentivando os feedbacks em tempo real, que são capazes de corrigir falhas pontuais e melhorar a comunicação entre colaboradores e líderes.

3. Desenvolvimento de liderança
Já ficou claro para os empresários que um bom líder é capaz de melhorar o clima corporativo e trabalhar o desenvolvimento de sua equipe.
As diferenças entre um chefe e um líder estão amplamente difundidas e os gestores que estão atentos a isso, sabem o quanto o desenvolvimento de liderança é uma tendência e quem não investir nisso pode acabar ficando para trás.
Por isso, lembre-se de que para a sua equipe crescer e se desenvolver, ela precisa de um líder com habilidades e treinamentos específicos para explorar todo o seu potencial.

4. Microlearning
Microlearning é um método de ensino à distância que se apresenta de maneira mais flexível aos colaboradores de uma empresa, adaptando-se melhor à sua rotina.

Dentro desta metodologia de ensino, o aprendizado é mais rápido e objetivo, pois nela o conteúdo total é dividido em minicursos, o que torna o treinamento menos cansativo e permite que ele seja feito aos poucos, de acordo com a disponibilidade do funcionário. Além disso, quando um grande curso é dividido em pequenos cursos isso torna-se mais útil e claro em um ambiente corporativo, já que nem sempre todos os conteúdos são relevantes para toda a equipe.
Assim, cada funcionário realiza apenas os cursos que serão úteis para o desenvolvimento das habilidades e conhecimentos necessários para o desempenho da sua função, economizando tempo e recursos.

Para Fabio Abate  socio diretor do Netas “O conhecimento dentro de uma empresa é algo que deve ser valorizado e incentivado de diversas formas e o microlearning é apenas uma delas. Para desenvolver suas equipes o ideal é combinar vários tipos de treinamentos e ações que os mantenham inspirados e interessados no aprendizado constante.”

5. Alinhamento aos valores e necessidades da empresa
Uma grande tendência na área de desenvolvimento de equipes é que cada vez mais os líderes e as empresas responsáveis por treinamentos estão realizando capacitações focadas nas reais necessidades da organização.
Ou seja, os treinamentos não são mais genéricos, mas sim adaptados aos valores e necessidades da empresa, o que proporciona uma melhor performance de seus membros, além da melhora de indicadores de RH, como turnover e absenteísmo.

6. Treinamento vivencial
O treinamento vivencial é uma ferramenta incrível para o desenvolvimento de equipes, pois ela trabalha todos os pontos importantes para isso, como: motivação, inspiração, conexão com a empresa, sentimento de pertencimento, união, trabalho em equipe etc.
Durante um treinamento vivencial, a sua equipe sai do ambiente de trabalho e mergulha de cabeça em uma experiência agregadora tanto para a sua vida pessoal quanto profissional.
As habilidades e conhecimentos adquiridos por meio de vivências são mais impactantes e se fixam melhor na mente de seus colaboradores, além de mostrar para eles o quanto eles são capazes de superar as dificuldades, o que mais tarde refletirá em seu modo de trabalho.

Tags : DesenvolvimentoEquipesfeedbacksliderançaMicrolearningnetastendencias
Bruna Munhoz

The author Bruna Munhoz

Leave a Response