GastronomiaIt Moms

5 dicas para estimular as crianças à uma boa alimentação

Situações simples do dia a dia podem ser aproveitadas para a educação alimentar

São Paulo, novembro de 2019 – Muitos pais encontram dificuldades em fazer com que os filhos entendam porque ele precisa comer alguns alimentos nutritivos que não agradam tanto ao paladar dos pequenos. Principalmente quando eles vão à cantina da escola, onde existem milhares de opções de lanchinhos ultraprocessados. A educação alimentar começa desde cedo e é essencial para que eles cresçam fortes e saudáveis!

Mas o que eles podem fazer para estimular a curiosidade das crianças para os alimentos certos e confiarem nas escolhas que farão para o seu futuro? Confira abaixo, cinco dicas do que e como fazer com Débora Sasdelli, nutricionista da Nutrebem, fintech de conta digital para cantinas escolares com acompanhamento profissional.

Vamos às compras!

A primeira e melhor forma de começar o incentivo é despertando o interesse das crianças pelos alimentos durante a compra de supermercado ou feira. Mostrar as formas, cores, texturas e “sonhar” com a preparação daquele alimento juntos, instiga os pequenos em todos os pontos de seu desenvolvimento infantil.

Mãos na massa!

Cozinhar com os filhos é a melhor maneira de estimulá-los e cultivar bons hábitos, fazendo com que conheçam os alimentos e sintam o prazer do momento ao lado dos pais, criando também uma memória afetiva.

Hora de comer!

O momento de montar o prato é o ideal para despertar o interesse das crianças pelo mundo de cores e texturas, principalmente de verduras, legumes e frutas. É importante também estimular a percepção da própria criança em relação ao quanto ela vai comer de acordo com a fome daquele dia, daquele momento. Para que a criança saiba se guiar do quanto ela precisa naquele momento, de qual a quantidade ideal pra ela naquela refeição, sabendo trabalhar e respeitar a saciedade.

Tira a mesa, põe a mesa!

Esse ritual é constante na vida de um adulto e por isso mesmo é importante ensinar aos filhos que ele também faz parte da refeição ideal, com o local limpo e se preparando para uma deliciosa refeição em família.

Conversar com a cantina!

A melhor forma de checar o que seus filhos estão comendo na escola, é através de aplicativos que mostram o valor nutricional dos itens da cantina e assim conversar com a escola sobre o cardápio oferecido – se não for do seu agrado. É possível também personalizar o cardápio conforme a necessidade, possibilitando assim uma conversa maior entre pais e filhos.

Sobre a Nutrebem

A Nutrebem é uma conta digital com acompanhamento nutricional para cantinas escolares. O objetivo da empresa é dar mais segurança aos pais cuidando do dinheiro e da alimentação das crianças durante as primeiras escolhas feitas sem a presença de adultos. Startup recebeu novo aporte de R$ 5 milhões no início desse ano e prevê crescimento de 10% alcançando mais de 200 escolas particulares atendidas em 2019.

Tags : alimentaçãocriançaeducação alimentar
Bruna Munhoz

The author Bruna Munhoz

Leave a Response