Saúde

8 dicas para curtir o Carnaval com cuidado

Médico da Amparo Saúde conta como curtir sem descuidar da saúde; é importante não esquecer de se hidratar e usar fotoprotetor

Para pular Carnaval, aproveitar os bloquinhos e curtir com os amigos é preciso tomar alguns cuidados. Para não parar de se divertir antes da hora, além da fantasia, outros acessórios devem acompanhar a folia, água, protetor e preservativo são alguns deles.

Cuidar da saúde é importante durante todo o ano e em todas as estações, mas no período de carnaval, a atenção precisa ser redobrada. Nessa época, a exposição ao sol, a ingestão de bebida alcoólica em excesso, a falta de alimentação equilibrada, o gasto de energia e, na maioria dos dias, o longo tempo na rua podem gerar alguns problemas, como: insolação, inflamação do fígado, desidratação, vômitos frequentes e desmaios. Por isso, o Diretor Médico da Amparo Saúde, primeira rede de clínicas privadas de APS do Brasil voltada para medicina da família, especialista em medicina da família, Dr. Renato Walch, separou algumas dicas:

1. Use preservativo

Segundo o Ministério da Saúde, os jovens cada vez usam menos o preservativo nas relações sexuais, o que torna esse grupo mais exposto a infecções sexualmente transmissíveis (ISTs). Segundo dados do órgão, apenas 56.6% dos jovens entre 15 a 24 anos usam camisinha com parceiros eventuais. Ainda em 2020, o preservativo é a forma muito eficaz de anticoncepção, ou ainda, a transmissão das ISTs (com sífilis, herpes, HIV, entre outras).É nesse período também, que aumenta a procura por exames diagnósticos das ISTs.

2. Hidrate seu corpo.

A exposição ao sol, alta temperatura, ingestão de bebidas alcoólicas e gasto de energia podem causar a desidratação de grau leve a severo. Por isso, beber se hidratar, principalmente aumentando o consumo de água ou, ainda, apostar em picolé de frutas, gelatinas, sucos naturais, água de coco, “gelinhos” de frutas naturais, podem ajudar a evitar ressecamento na pele, insolação, mal estar, tonturas e a famosa “ressaca”.

3. Comidas leves e saudáveis

Comer salada (bem lavada) e lanches naturais ajudam a manter a energia do corpo e repor vitaminas e minerais necessários ao nosso organismo sem pesar no estômago e nem no fígado. A ingesta de bebida alcoólica em grande quantidade pode levar a uma sensação de plenitude e inapetência, consequentemente o mal estar pode acontecer, assim como episódios de desmaio e até mesmo hipoglicemia mas severa. Fazer pequenas refeições leves, como frutas, verduras, barrinhas de cereal e vitaminas de frutas, podem além de manter a energia do corpo para aproveitar todo o período de carnaval ajudará a saciar a fome. .

4. Use protetor solar e acessórios de proteção do sol

A pele é o maior órgão do nosso corpo e cuidar da pele é essencial todos os dias, mas é importante reforçar o uso de filtro solar durante os períodos de longa exposição solar. Por exemplo: nos Bloquinhos de Rua. Além disso, usar boné e chapéu pode evitar a exposição direta aos raios solares. Segundo o Instituto Nacional do Câncer (INCA) a Estimativa de Incidência de Câncer no Brasil, o câncer de pele não melanoma é o mais incidente, com expectativa de 177 mil novos casos por ano. Nesse caso a prevenção à exposição é sim o melhor a ser feito.

5. Use trajes leves e confortáveis

Não deixe de usar a sua fantasia, mas sabemos que o conforto pode ajudar a aproveitar o carnaval por mais tempo. Por isso, aposte em roupas leves que não irritem a pele. Sapatos confortáveis e fechados são uma boa escolha, além de proteger os pés e evitar machucados e lesões.

6. Evite o excesso de bebidas energéticas

Buscando mais energia para pular todo o carnaval, os foliões aumentam em muito o consumo de bebidas energéticas nesse período. Em geral, essa classe de bebidas contêm substâncias estimulantes (doses altas de cafeína, por exemplo). O consumo de grande quantidade já poderia, por si só, acarretar muitos problemas, o que se agrava quando misturado com bebidas alcoólicas ou outras drogas. Vertigem, mal estar, náuseas, vômitos, dor de estômago, cefaléia, visão turva, dor no peito, palpitação, falta de ar, até Arritmias ou mesmo Parada Cardiorrespiratória podem ocorrer nessas situações.

7. Cuidado com o que está bebendo

Infelizmente, nem todo mundo que está na avenida, ou nos bloquinhos está com a intenção de se divertir, por isso a importância de sempre estar com a atenção aos copos de bebidas, garrafas de bebida abertas ou oferecidas por estranhos. Há uma série de drogas que podem ser colocadas na bebida, inclusive medicações que causam sedação e amnésia . São situações que podemos praticar a nossa cidadania. Ao ver uma pessoa em situação de exposição, ou fragilidade, peça por ajuda, procure os organizadores da festa ou mesmo chame o serviço de urgência da cidade (SAMU – 192).

8. Reserve um tempo para descansar

Uma hora o corpo pede descanso, por isso reserve um tempo para repousar o corpo e repor as energias. Uma boa noite de sono pode ajudar na diversão durante todo o Carnaval.

Depois da festa é hora de retomar a rotina e estar com o corpo descansado é fundamental. Para reequilibrar o organismo, é importante também manter a ingestão de água, sucos naturais, alimentação leve, frutas e evitar alimentos gordurosos ou muito pesados.

Renato Walch é médico de família, Diretor Médico da Amparo Saúde, instrutor do curso de emergência da American Heart Association na Faculdade de Medicina da Universidade Cidade de São Paulo(Unicid) e plantonista de emergência nos Hospitais Sírio Libanês e Vila Nova Star (SP).

Tags : carnavalcuidadosfestafolia
Bruna Munhoz

The author Bruna Munhoz

Leave a Response